25 de dez de 2011

A parábola da Dracma perdida.

Lc 15:8-10 "Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar? E achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida.Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende."


Certamente todos nós já ouvimos várias vezes em nossa vida cristã pregações a respeito da ovelha perdida, da dracma e do filho pródigo. Mas eu gostaria de destacar algumas coisas que julgo importante, não apenas no que diz respeito aos pecadores perdidos, ovelhas desgarradas. Algo que podemos encontrar nessas três parábolas é o ANSEIO de quem perdeu alguma coisa e procura encontrar, e ao conseguir êxito enche-se de alegria por reconquistar algo que lhe é muito valioso.
Vejamos outros destaques correlacionados nas parábolas: onde estavam os que foram perdidos? A ovelha saiu do meio de suas irmãs, eram cem ovelhas que deveriam estar no aprisco, o pastor deu falta de uma e foi procurá-la; A dracma extraviada estava junto com as outras dracmas, e o filho pródigo saiu da casa do pai, onde convivia também com seu irmão. O que podemos notar nessas parábolas é que embora Jesus se preocupe sim com os pecadores perdidos as parábolas dizem respeito a pessoas e valores que estavam conosco.
Vamos destacar os personagens da parábola da dracma perdida atribuindo a eles alguns significados: A dracma é uma moeda de prata, até o ano de 2001 antes da implantação do Euro – moeda européia – era ainda utilizada na Grécia; moeda representa valores e prata simboliza redenção, por isso o tema Resgatando Valores Perdidos; temos a figura da mulher, que na Bíblia muitas vezes está relacionada com a igreja, não a igreja como templo, denominação, mas a igreja invisível, universal, que somos nós, a igreja noiva de Cristo cujo templo na terra é a nossa própria vida; A mulher que perdeu a dracma acendeu a candeia para procura-la, candeia fornece luz, a Bíblia diz que lâmpada para meus pés é a tua palavra e luz para os meus caminhos, a igreja de Jesus Cristo só poderá recuperar seus valores à luz da Palavra de Deus, inerrante e eficaz, única regra de fé e prática do filho de Deus, e isso deve ser feito como fez a mulher que perdeu a sua moeda, buscando diligentemente, não é de qualquer modo que vamos resgatar valores, para isso é necessário diligencia e amor.
Com isso vamos apresentar aqui três valores que a igreja não pode perder e caso tenha perdido deve buscar intensamente a sua recuperação:

1) O valor da Visão do Reino; a visão do reino é maior que uma visão denominacional e não está relacionado com o que eu quero ou penso, mas relaciona-se com os desejos de Deus, aquilo que Ele quer e não tem; e o que é que Deus quer e não tem? Vidas. Provérbios 23:26 diz: “Filho meu, da-me o teu coração”o desejo de Deus é ter filhos, bem mais do que os que já tem, foi pra isso que fomos criados e comissionados, em Gênesis 1:28 Deus diz a Adão e Eva “Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra. Ganhar o perdido, Consolida-lo na fé, Edificar a sua vida, Treina-lo para o serviço, e Envia-lo para também ser um agente multiplicador do reino de Deus.

2) O valor da Autoridade Espiritual – Exercemos autoridade espiritual a partir do momento em que temos consciência de que nós somos em Cristo; a igreja que exerce autoridade espiritual não fica sempre na posição de defesa contra os ataques do inimigo, pelo contrário, ela é quem ataca as hostes infernais, a Bíblia nos afirma que as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja de Cristo, isso está claramente nos mostrando que a igreja está atacando o inferno, resgatando vidas, restaurando casamentos, promovendo reconciliação de pais e filhos, libertando os cativos e oprimidos. O pai que exerce autoridade espiritual não permite que seus filhos fiquem à mercê do mal, mas protege-os sendo-lhe sacerdote, amigo, ministrando sempre palavras de bençãos; assim também na igreja, o pastor deve exercer autoridade espiritual protegendo o rebanho, o esposo deve exercer autoridade espiritual amando a esposa como Cristo amou a igreja;

3) O valor do Jejum e da oração - Deixamos muitas vezes de jejuar e orar porque erradamente temos entendido que não dá resultados práticos visíveis, justamente por causa da herança que temos de tentar fazer algo pra Deus que seja visível, queremos uma igreja dinâmica, forte, atuante, mas igreja dinâmica não é uma igreja que faz coisas, mas sim uma igreja que gera vidas, e vidas só podem ser geradas através de uma vida de jejum e oração, que por sua vez gera poder, gera a vida de Deus em nós, e cheios do Espírito Santo, santificados pela palavra e por uma vida de Jejum e Oração, vamos cumprir com os propósitos de Deus para nossas vidas.

Nenhum comentário: