9 de dez de 2011

UFC 140 : Lyoto Machida vs. Jon Jones - neste Sábado.

O UFC 140 está marcado para sábado no Air Canada Centre em Toronto, Canadá.
Acompanhe as lutas em tempo real no site www.mmabyneko.com.br, salientando que os duelos preliminares deverão começar por volta das 20:00hs (horário de Brasília).
 
Na luta principal da noite, o brasileiro Lyoto Machida será o desafiante ao título dos meio-pesados (até 93kg) do UFC e irá encarar o campeão norte-americano Jon Jones.
Jones manteve o seu título contra o seu patrício Quinton Rampage Jackson no UFC 135 no dia 24 de setembro, levando um cartel no MMA com 14 triunfos e apenas um revés.
Já o ex-campeão do UFC Lyoto Machida leva um respeitável cartel com 17 triunfos e 2 derrotas, vindo de um espetacular nocaute sobre a lenda americana Randy Couture no UFC 129 no dia 30 de abril de 2011.

Acompanhe a análise detalhada do combate

Lyoto Machida vs. Jon Jones
Em um duelo que valerá o cinturão dos meio-pesados do UFC.
Talvez a luta mais aguardada dos últimos tempos, pois poderá marcar o fim do reinado de uma promessa norte-americana que é Jon Jones.
Se o representante do Brasil aplicar o seu vitorioso, mas criticado jogo de contra-ataque deverá levar a batalha.
Lyoto é um atleta talentoso e focado no MMA, também servindo de grande exemplo tanto dentro quanto fora do octagon.
O brazuca é um atleta completo, mas irá enfrentar uma verdadeira pedreira do esporte.
O fenômeno Jon Jones, por sua vez, demonstra versatilidade tendo as cotoveladas giratórias, joelhadas voadoras e chutes rodados como reais perigos, além de possuir uma enorme envergadura (quase 2 metros).
Jones leva um invejável cartel 14 vitórias e apenas um revés (onde estava dominando completamente o duelo quando foi desquassificado por ter aplicado uma cotolevada ilegal no seu patrício Matt Hamill).
A tática de Lyoto deverá consistir em ficar na longa distância, deixando para golpear somente nos contra-ataques, deixando a iniciativa do combate para o campeão.
Aliás, Jones verá em Lyoto um oponente difícil de ser acertado, razão pela qual irá experimentar uma inédita sensação no MMA: não ser efetivo nas suas plásticas entradas.
Com tal fato, Jones poderá se expor aos contra-ataques de Lyoto. Além do mais, o brasileiro possui um chão muito superior ao do campeão.
Jones, todavia, deverá ter como tática a espera, deixando que a iniciativa do duelo seja dada por Lyoto.
Jones possui um wresting excelente e poderá trabalhar tal estratégia nos clinches para botar a luta para o solo, lugar onde aplica golpes com maestria.
Será um duelo claro: a espera de Lyoto (que não irá arriscar na tomada de iniciativa da trocação, sendo que irá jogar no contragolpe) contra o jogo plástico e versátil de Jon Jones que tentará alcançar o brasileiro na longo distância.
O fator determinante da batalha será o psicológico de Jon Jones que não poderá se abalar com a dificuldade de alcançar Lyoto e com a pressão do público, tendo de deixar a iniciativa com o brasileiro.
Se Lyoto jogar na sua famosa tática de contra-ataque, Jon Jones terá sérias dificuldades e poderá se irritar ao longo da luta, precipitando posições e ataques, caindo no jogo eficiente do verde-amarelo.
Sendo assim, se Lyoto utilizar o seu famoso e eficiente jogo de contra-ataque, apesar do favoritismo do fenômeno Jon Jones, deverá levar vantagem e vencer por nocaute ou finalização, garantindo o quarto título, das sete categorias do UFC, ao Brasil.

Card completo:
- Jon Jones vs. Lyoto Machida (pelo título dos meio-pesados);


- Frank Mir vs. Rodrigo Minotauro;


Rogerio Minotouro vs. Tito Ortiz;


- Brian Ebersole vs. Claude Patrick;


- Mark Hominick vs. Chan Sung Jung;


Lutas preliminares


- Igor Pokrajac vs. Krzysztof Soszynski;


- Jared Hamman vs. Constantinos Philippou;


- Dennis Hallman vs. John Makdessi;


- Yves Jabouin vs. Walel Watson;


- Mark Bocek vs. Nik Lentz;


- Rich Attonito vs. Jake Hecht;


- John Cholish vs. Mitch Clarke.

Confira a prévia do show abaixo:

Nenhum comentário: